sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

#Indicações

Blog: Nina é uma
Texto: Se apegue a isso
Link: http://ninaeuma.blogspot.com.br/2014/02/se-apegue-isso.html


Blog: Caixa a-a
Texto: APTO 401, o prédio cinza de janelas vermelhas
Link: http://www.caixa-a-a.com/2014/02/apto-401-o-predio-cinza-de-janelas.html

Blog: Chá de Loucura
Texto: Um dia nublado para o seu coração
Link: http://chadeloucura.blogspot.com.br/2014/02/um-dia-nublado-para-o-seu-coracao.html

Livro: A menina que colecionava borboletas
Bruna Vieira

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Não me escreva.


Te escrevo para pedir que não me escreva mais. Não me escreva, não me ligue e, por favor, não me procure mais. Eu já não existo no seu mundo.  Já não te escuto quando chama nas suas noites solitárias e escuras nas quais eu costumava ser a única idiota a te socorrer. Sim, a única. Mas, graças a você, acordei do sonho bobo e mentiroso no qual vivi por tanto tempo.
Tão criança, tão ingênua. Sempre acreditando que era alguém no seu mundo.
Garota iludida.
Sempre me preocupando, te cuidando como se fosse um pobre menino indefeso. Aliás, de indefeso nunca teve nada. Indefesas são todas essas tontas que passam pelos seus dias, suas mesas de bar, que deitam na sua cama esperando algo mais que "até logo" na manhã seguinte. Reparou que eu não tenho estado entre essas garotas? Parece que sim.
Quanto tempo demorou para notar que eu não estava mais lá? Um dia? Uma semana? Não, aposto que foi mais. Percebeu que eu não apareceria por aquela porta e me jogaria nos seus braços naquela primeira manhã em que eu já não estava ao seu lado quando acordou? Com certeza não. É egoísta demais pra notar que eu não era a mesma naquela última noite.
Pois bem, naquela manhã não saí só da sua cama. Saí da sua vida, mas ao que parece ainda não se deu conta disso.
Ei, meu bem, acorda. Eu não estou mais aí na sua vida. Eu não estou mais aí pra você.

Jéssica de Paula

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Espero

Foi, jurou não voltar
Mas há tantos caminhos
Então espero
Vai que se perde num deles
E hora ou outra volta
Assim
Por mero engano.

Jéssica de Paula

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

A Gente Supera


A gente supera. Um amor perdido, o salto quebrado, o pouco salário que já sumiu da carteira, um dia ruim... A gente supera. O ser humano é assim, feito pra cair e voltar a caminhar mesmo com todas as feridas e cicatrizes. Nem sempre somos dos mais espertos e teimamos em mexer naquela casquinha até voltar a sangrar. Sim, tremenda burrice e, na minha opinião, totalmente desnecessário.
Como dizem as mães: não adianta chorar sobre o leite derramado. Depois de ter contato com o chão não é aconselhável para o consumo, mas, ei, tem mais leite ali na caixa e se não tiver pega outra, vai no mercado, dá um jeito. Ficar chorando não vai limpar a bagunça nem te trazer outro copo de leite. Então pega o pano e comece a limpar a sujeira que ficou.
O dia ruim passa. Mês que vem tem outro salário, quem sabe até outro emprego (um bem melhor). O sapato com salto quebrado manda no sapateiro... Ou melhor, joga esse fora e compra um novo ou não conseguira concentrar-se nos demais afazeres. Afinal, é difícil confiar em algo que já te deixou cair uma vez e digo o mesmo com relação ao amor.
Mas calma, a gente sempre supera.

Jéssica de Paula

sábado, 22 de fevereiro de 2014

Noite Adentro.

Eu não me deixo em paz
Então não durmo
E vou guardando isso tudo
Noite adentro
Vou guardando
Aguardando
Não durmo
Não fico em paz
Noite adentro
Permaneço
Dentro de mim.

Jéssica de Paula

domingo, 16 de fevereiro de 2014

A História de Nós Dois.


Você era só um amigo, nem sequer dos mais próximos, só um amigo do trabalho como qualquer outro. O engraçado é que, ao contrário de um e outro, você nunca demonstrou qualquer mínimo interesse, mas acredito que talvez nem se interessasse mesmo. Mas bendito trabalho, e também faculdade, que te fez chegar para a nossa primeira conversa de verdade, mais que aquele oi tímido que te retribuí num dia qualquer e só hoje recordo que era você já que não dei muita atenção por pura timidez.
Nos aproximamos, nos tornamos mais amigos, desses que não ligam de falar bobeiras um para o outro e as brincadeiras começaram, lembra? E quem diria que eu levaria essas brincadeiras para outro lado?! E quem diria que um bilhete despretensioso justo no dia dos namorados resultaria naquele beijo e, um mês depois, num namoro?! E quem diria que desse namoro e daquela paixonite de início eu viria a te amar?! E quem diria que você, tão decidido a não ter nada sério, viria a me amar?! Eu não. Se tivesse que apostar naquela época, não apostaria em nada disso. Mas nunca fui boa em apostas mesmo.
Compartilhamos interesses em comum, mas quase nunca compartilhamos as mesmas opiniões e ainda assim nos entendemos. Você confiou seus segredos e sentimentos a mim e isso me fez sentir importante. Eu te contei meus pensamentos, coisas que nunca ninguém compreendeu. E aqui estamos. Bem mais que amigos de trabalho.  Melhores amigos e melhores namorados. Porque, sim, você é muito mais que um namorado, você é meu amigo, meu garoto perfeito mesmo com todos os seus defeitos e eu amo isso em você. Eu amo tudo isso em nós e não mudaria nada do que somos.

Jéssica de Paula



Penso

Penso
Logo, perco
O sono
A calma
Penso e até demais
Em tanto
Em tudo
Penso
Logo, anseio

Jéssica de Paula

sábado, 15 de fevereiro de 2014

Paciência

Mas, se chegar antes, me aguarde
Chego logo
Bem a tempo
Não faço esperar
Não muito
É relativo
Mas chego
Assim que der
Estarei aí em breve
Mas se me atrasar, aguarde
Logo chego
Paciência, meu bem
Paciência.

Jéssica de Paula

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Amo

Amo
Sem mas
É falta
É espera
É insônia
É aconchego
Felicidade
Às vezes tristeza
Assim como sorrisos
Mas às vezes lágrimas
Simples
Complexo
Eu amo
Eu te amo
Sem mas
Sem mais.

Jéssica de Paula

HAPPY VALENTINE'S DAY

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Constante

Porque vivemos disso
Esse constante
Todo dia
A cada hora
Isso aqui
Que se repete
E repete
E repete

Jéssica de Paula

domingo, 2 de fevereiro de 2014

Playlist #1 - Românticas

Minha primeira playlist aqui no blog. Assim como tudo que estou postando desde o início do ano também tive essa ideia de repente e comecei a procurar o site e as músicas que estou ouvindo nestes dias. Não foram muitas, pois ainda não peguei muita prática no site, mas coloquei as que mais estou ouvindo e, como é possível perceber, estou ouvindo muita música romântica, desde as mais tristes até as mais animadas e positivas.



Farei uma playlist nova a cada 15 dias, então se gostar é só ficar de olho.