quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Maratona e frases The Walking Dead


Já comecei mal. Faz cerca de uma semana, ou mais, que não posto aqui no blog. Nunca fui boa blogueira, assumo, mas decidi finalmente aparecer com ou sem inspiração. Nos últimos dias me aconteceram coisas bem legais que deram um up no meu humor, não totalmente, mas ajudou pra caramba. Mas enfim, nesses dias não tive muita noção do que postar nem muitas ideias, tudo que tenho feito ao chegar do trabalho é assistir The Walking Dead. Abandonei a série no final da segunda temporada porque estava bem paradinha e chata, mas decidi retomar e foi uma surpresa descobrir que pouco depois de onde parei as coisas começaram a se agitar. Já estou quase terminando os episódios que têm da quarta temporada, a série volta com novos episódios na próxima semana então espero terminar tudo o que já tem até lá.
Enquanto isso separei algumas frases da série, pois está difícil sair algo dessa minha cabeça perdida.


"Sempre achamos que haverá mais tempo e aí ele acaba"

"Quando você se importa com as pessoas se machucar vem no pacote"

"Às vezes precisamos passar dos limites"

"Não se pode sobreviver sendo o mocinho"

"É tudo sobre pequenas chances agora"

"O mundo acabou. Você não recebeu o memorando?"

"Se eu soubesse que o mundo estava acabando teria trazido livros melhores"

"Eu não posso dizer que entendo o plano de Deus, mas quando Cristo prometeu uma ressurreição dos mortos eu achei que ele tinha algo diferente em mente."

"Nessa vida você mata ou morre. Ou você morre e mata."

"Se você sair, você arriscará sua vida. Se você bebe água, você arrisca sua vida. E hoje em dia só de respirar você já arrisca sua vida. A única coisas que você pode escolher é pelo que irá arriscar." 

Enquanto procurava mais algumas encontrei um post bem legal aqui no ta me zuando?. É só clicar pra ver o post completo sobre "Como eu vejo os personagens do The Walking Dead", mas pra resumir é tipo isso:


terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Falta

Meia-Noite
Pouco mais
Falta
Nesse curto período
Que falta sinto
Não há teu cheiro
Ele bem poderia acalentar meu sono
Mas não está
Ou tua voz
Quem sabe teu carinho
Por que tão longe?
Por que não perto?
Por que não aqui?
Falta
E eu aqui
E você tão aí

Jéssica de Paula

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Nunca sei

O diferente
O igual
É bom?
É ruim?
O que define?
Devia ter um controle
Um fiscal
Coisas do tipo
Que deixasse mais nítido
Pra mim é confuso
Hora é
Hora não
Vá entender
Eu não sei
Nunca sei

Jéssica de Paula

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Aguardo

Aguardo sempre
Sempre espero
Como uma criança impaciente
Olho em volta
Mas nada
Nunca
Nada nunca chega
Faço
Ajo
E não chego
Enfim
Já não aguento mais aguardar
Já me canso destes dias.

Jéssica de Paula

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Tão doce quanto um cupcake


"Você é tão doce quanto um cupcake" é o que sempre ouço os adultos falarem. A primeira foi minha mãezinha, não entendi muito bem, como alguém pode ser tão doce como um cupcake ou qualquer coisa de comer? Sou uma pessoa, não um bolinho e não posso ter gosto de cupcake... Ou posso? Sei não, esses adultos são muito estranhos. Vivem falando e fazendo coisas muito, muito estranhas de verdade. Os pais da minha amiga aninha se separaram e, depois disso, sempre que vou dormir na casa dela ouço a mãe chorar na cozinha quando pensa que estamos dormindo, mas estamos escondidas pra roubar doces. E o pai sempre diz para ela que está muito triste, mas, às vezes, as coisas não são como queremos. Por que não? Se duas pessoas ficam triste longe uma da outra por que se afastam? Adultos, sempre tão confusos. 
Outro dia fiquei muito chateada. Papai prometeu jantar em casa, mas não apareceu então eu não parava de incomodar minha mãezinha pedindo para ligar para o papai. Ela queria que eu entendesse que ele não poderia chegar mais cedo naquele dia, mas nada do que falava fazia sentido, nada justo. Então ela me mandou fechar a boca e comer. Tentei comer de boca fechada, mas juro que era muito difícil então mamãe começou a gritar "Para de palhaçada, menina". Eu não estava de palhaçada, estava obedecendo sua ordem. Palhaçada foi ela me mandar fazer algo tão complicado. Como alguém pode comer de boca fechada? Não faz sentido esses adultos.
Minha irmã mais velha, que nem adulta é, vive brigando com o namorado. Entra em casa chorando, sobe as escadas e se tranca no quarto com o rádio muito alto. Algumas horas depois não deixa ninguém mais usar o telefone pra falar com o namorado que até uns minutos atrás ela berrava ser um babaca idiota. Como alguém pode ser um babaca idiota num minuto e no outro ser o amor da sua vida? Ela é uma aprendiz de adulto, com certeza.
Veja só se adultos não são confusos.
Pois então me explique: Como, por Deus, uma criança pode ser tão doce quanto um cupcake? Lambi meu braço pra verificar, não parece doce como um cupcake, tenho certeza.

Jéssica de Paula

domingo, 12 de janeiro de 2014

Metas para 2014





 Essa semana vi um post no blog Impossível ser Normal com algumas metas para 2014, então, roubando a ideia, decidi postar algumas das minhas "pequenas" metas para esse ano. Pretendo, mais para frente, colocar outras metas que tenho pra minha vida num geral numa página aqui no blog, mas enquanto essa lista não fica pronta vou postar essa de 2014.





  • Ler, pelo menos, 2 livros por mês.
  • Acompanhar mais blogs.
  • Postar no blog com mais frequência que ano passado.
  • Quitar minhas contas e gastar só o que posso pagar.




  • Começar minha coleção de DVD's.
  • Controlar melhor meu ciúme.
  • Fazer aulas de piano.
  • Trocar de emprego.
  • Comprar mais CD's













  • Começar a auto escola
  • Fazer uma tatuagem das relíquias da morte

Acho que por enquanto é só isso, vou acrescentando de acordo com o que for surgindo e riscando os que cumprir.

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

O Verde

Verde,
A grama
O topo das árvores
Seus olhos
A camisa de às vezes.
O verde lhe cai bem
Me cai bem
Combina assim
Com a grama nesta praça
Com o topo das árvores que cobrem o céu
Com seus olhos olhando nos meus
O verde,
Ele combina
Com o agora
Com você
Com a gente.

Jéssica de Paula

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Livros e suas adaptações

Fiz um acordo comigo mesma que postaria pelo menos cinco dias por semana no blog, mas no momento estou sem muita criatividade então hoje o post será uma lista simples.
Separei em três categorias livros que quero ler e adaptações que quero assistir. Geralmente logo que leio um livro e gosto muito e sei que vai sair uma adaptação para o cinema não demoro muito para assistir então essa lista que já li e assisti deixarei de fora, coloquei só a lista de livros e filmes que ainda pretendo ler/assistir.



Os Miseráveis
O Menino do Pijama Listrado
Um Olhar do Paraíso
O lado bom da vida




Mockingjay
O Pequeno Príncipe
A culpa é das estrelas
A menina que roubava livros




O Diabo Veste Prada
O Jardim Secreto
Orgulho e Preconceito
O Perfume
Ponte para Terabithia
Precisamos Falar sobre Kevin
Água para Elefantes
À Espera de um Milagre
A História Sem Fim
Os Pinguins do Sr. Popper
Carrie: a estranha

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Fan o que?

É muito comum quando eu falo a palavra "fanfic"durante uma conversa as pessoas franzirem a testa e perguntarem: Fan o que? Fanfic, isso mesmo, você não ouviu errado.
Fanfic é uma abreviação da palavra fanfiction que significa nada mais que "ficção criada por fã", ou seja, você, sendo fã de um livro, mangá, anime, HQ e até mesmo de uma banda pode criar uma história baseada nisso e ainda divulgá-la na internet sem ser considerado plágio, mas obviamente isso sem nenhum fim lucrativo.
Eu conheci fanfics através do site Floreios e Borrões que tem fanfics exclusivamente sobre o universo de Harry Potter, mas há diversos estilos e sites tanto destinados a um gênero, quanto sites com fanfics desde de livros a séries e filmes.
Para simplificar organizei um pequeno dicionário de palavras usadas nesse universo de fãs:

  • Ficwriters: Escritores de Fanfic.
  • Fanon: Toda informação criada pelos próprios fãs, mas geralmente é bastante usada pra identificar fãs de casais fanons, ou seja, casais que não existem na história original. Um exemplo de fanon que eu adoro é Draco/Hermione, também conhecido como Dramione.
  • Canon: É o oposto do fanon. Autores canons são aqueles que tentam manter sua fanfic o mais fiel possível ao original. Exemplo de casal canon: Ron/Hermione.
  • Ship: O casal da fanfic, podendo ter mais de um casal protagonista ou até triângulos amorosos. Afinal, a fic é sua, você faz o que bem entender, certo?
  • Shipper: É o fã de determinado casal. Eu, por exemplo, sou shipper Dramione, DG (Draco e Gina) e Ron/Hermione.
E, pra finalizar, alguns estilos de fanfics:

  • Slash: Fanfic homossexual em que o casal protagonista são homens.
  • Femmeslash: Fanfic homossexual em que o casal protagonista são mulheres.
  • Cross Over: Quando dois ou mais universos são colocados na mesma fanfic. Exemplo: Harry Potter e Percy Jackson.
  • Drabble: Fanfic com até 100 palavras. (Mas há controvérsias)
  • Yaoi: O mesmo que Slash, mas com cenas de sexo.
  • Yuri: O mesmo que Femmeslash, mas com cenas de sexo.
  • Hentai: Essa já é mais conhecida mesmo para quem não conhece fanfic, e sim, tem o mesmo significado. São fics com cenas de sexo explícito.
  • Oneshot: Fanfic com apenas um capítulo. Também chamada de shortfic.
  • Shortfic: Fanfic curta e com poucos capítulos.
  • Songfic: Fanfic acompanhada de uma música. Meu estilo preferido, escrevi umas 4 ou 5 dessa.
  • U.A (Universo Alternativo): Aqui a fanfic se passa num universo diferente do original, o autor utiliza apenas os personagens e as informações que lhe convir.
Caso queira conhecer um pouco mais esse universo é só clicar nos links abaixo e procurar pelo seu livro/filme/mangá/etc favorito.
Nyah! Fanfiction
Floreios e Borrões
FanFiction
Fanfic Obsession (Neste site você encontra fanfics interativas, quer dizer que, ao invés de nomes aleatórios de personagens comuns, você pode colocar seu nome dentro da fic.)

domingo, 5 de janeiro de 2014

Ano Novo, Blog Novo

Finalmente depois de horas tentando escolher um nome, pensando num tema, cores, criando um banner e organizando o layout consegui chegar onde queria e nem sabia. Não, essa mudança não estava planejada, simplesmente acordei, abri meu blog e decidi que o nome era muito comprido e já estava na hora de me dedicar mais ao meu cantinho.
Enfim aqui está o Menina-Moça. Infelizmente a URL "menina-moca" e a "meninamoca" já estavam ocupadas apesar de não estarem em uso (Aí a pessoa não usa e ocupa o espaço que eu quero). Passei a manhã toda ouvindo música e lendo meus trechos preferidos de vários livros pra ver se achava uma inspiração ou ideia. Então entrei no vagalume para ouvir "Móveis Coloniais de Acaju" e vi na lista a música "Menina-Moça", (que, aliás, eu não tinha ouvido ainda) e gostei do nome.
Então aí está a música que deu nome ao blog:



sábado, 4 de janeiro de 2014

Frases "A Culpa É Das Estrelas", John Green


"Alguns infinitos são maiores que outros."


"Às vezes as pessoas não têm noção das promessas que estão fazendo no momento em que as fazem." PG 61.


"Mas eu acredito em amor verdadeiro, sabe? Não acho que todo mundo possa continuar tendo dois olhos nem que possa evitar ficar doente, e tal, mas todo mundo deveria ter um amor verdadeiro, que deveria durar pelo menos até o fim da vida da pessoa." PG 75.


"Me apaixonei do mesmo jeito que alguém cai no sono: gradativamente e de repente, de uma hora para outra." PG 118.


"Estou apaixonado por você e não quero me negar o simples prazer de compartilhar algo verdadeiro. Estou apaixonado por você, e sei que amor é apenas um grito no vácuo, e que o esquecimento é inevitável, e que estamos todos condenados ao fim, e que haverá um dia em que tudo o que fizemos voltará ao pó, e o sei que o sol vai engolir a única Terra que podemos chamar de nossa, e eu estou apaixonado por você."



sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

E tudo...



E tudo à minha volta
E todas as pessoas
E tudo que vejo
E tudo que toco
E tudo que sou
Tudo mudou
Alguns melhores,
Outros piores,
Eu, mais feliz.

Jéssica de Paula

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Frases "O Diário de Carson Phillips", Chris Colfer


"Os jovens e seus sonhos são como filhotes de tartaruga na praia. Depois que os ovos se quebram, eles precisam se arrastar até a água antes que os pássaros os capturem. Todos nós miramos o mar, mas somente alguns sortudos chegam incólumes a ele. A vida encontra meios de arrebentar e tolher as forças e as crenças que nos motivam." PG 162.


"-Em que série paramos de acreditar em nós mesmos? - perguntei. - Em que série simplesmente paramos de acreditar em tudo? Quer dizer, alguém precisa ganhar o Nobel da Paz. Alguém precisa ser bailarina. Por que não a gente?" PG 161.


"Jamais seja coadjuvante na sua própria história!" PG 190.



"Jamais deixarei que me façam sentir o que não quero sentir ou que me roubem as paixões que fazem de mim o que sou." PG 219.




"Sem um significado, sem uma motivação ou um foco, sem sonhos ou objetivos, a vida não vale a pena ser vivida." PG 219.